No conceito Theatro-Escola, a formação tornou-se o foco principal do Festival de Ópera durante a pandemia. Através de oficinas, palestras e webinários, cantores líricos e técnicos de teatro, selecionados através de edital público, terão a oportunidade de assistir aulas com profissionais de reconhecimento internacional na modalidade híbrida, de ensino à distância (EAD) e presencial.

O edital de seleção estará disponível no dia 14 de maio.
Serão ofertados dois módulos: um para cantores líricos e outro para técnicos de teatro.

MÓDULO I – CANTORES
– Serão selecionados 20 cantores de nível avançado e 20 cantores de nível intermediário, residentes no Estado do Pará.
– Serão selecionados 5 cantores residentes no Estado do Amazonas

MÓDULO II – TÉCNICOS
– Serão selecionados 20 técnicos de nível avançado e 20 técnicos de nível intermediário, residentes no Estado do Pará.
– Serão selecionados 5 técnicos residentes no Estado do Amazonas

PROGRAMAÇÃO DO CURSO:

PALESTRAS

1. “Il Trittico” (Sergio Casoy)
2. “Como se vestir de música” (Walter Neiva)
3. “A pesquisa histórica para indumentária” (Marcelo Marques)

OFICINAS
1. Voice fitness – método Laura de Souza
2. Ciência da voz 
3. Fisiologia da voz 
4. Preparação de repertório 
5. Cenografia/Cenografia digital 
6. Leitura de partitura II 
7. Produção 
8. Direção de palco 
9. Filosofia 

WEBNÁRIOS
Durante o Curso, teremos 5 webinários mensais com temática voltada à ópera.

ERRATA

A Secretaria de Estado de Cultura, no uso de suas atribuições legais, considerando a necessidade de ajustamento do calendário do processo seletivo, TORNA PÚBLICO o NOVO CRONOGRAMA, conforme o quadro abaixo:

1. Inscrições: 14 a 28/05
2. Lista de Homologados: 31/05
3. Recursos: 01 e 02/06
4. Julgamento: 03 a 10/06
5. Resultado: 11/06
6. Recursos: 14 e 15/06
7. Aprovados: 16/06
8. Matrículas: 17 e 18/06
9. Início das aulas: 21/06.

Este edital entra em vigor na data de sua publicação.

Belém, 17 de maio de 2021.

URSULA VIDAL SANTIAGO DE MENDONÇA
Secretária de Estado de Cultura

A Secretaria de Estado de Cultura (Secult) publicou nesta segunda-feira (01), a lista de inscrições homologadas do III Curso de Formação em Ópera, no site da Secult e do XX Festival de Ópera do Theatro da Paz.

Conforme previsto em edital, a etapa consiste na validação de todos os documentos solicitados no ato de inscrição. Os recursos podem ser apresentados até meia-noite do dia 02 de junho. O candidato que desejar apresentar recurso deverá realizá-lo pelo email: [email protected]

Após a análise dos recursos, uma nova lista será publicada no site da Secult e do Festival de Ópera, no dia 03 de junho, com os nomes homologados para concorrer às bolsas.

Se você se inscreveu no edital do III Curso de Formação em Ópera, a Secretaria de Estado de Cultura (Secult) publicou nesta sexta-feira (11), no site da Secult e do XX Festival de Ópera do Theatro a lista dos aprovados na etapa de análise dos vídeos (para cantores) e dos currículos (para técnicos). Nela constam todos os candidatos considerados aptos a concorrer às bolsas e também os nomes que compõem o cadastro de reserva, ou seja, aqueles que poderão receber a bolsa em caso de impedimento do candidato classificado.

Após o prazo recursal (14/6 e 15/6), a lista final com os candidatos aprovados para as 90 bolsas será divulgada no dia 16/06, de acordo com a ordem decrescente de notas, a partir da análise realizada por um corpo de jurados com reconhecida experiência na área musical e técnica

Esta é uma ação do XX Festival de Ópera do Theatro da Paz, que por conta da pandemia do novo coronavírus foi adaptado para a modalidade digital, dando ênfase à formação de artistas e técnicos por todo o Pará.

Juri para os cantores:
– Dione Colares de Souza – educadora musical e professora de canto da UEPA e Escola de Música da UFPA.
– Vanildo Palheta Monteiro – professor da Escola de Música da UFPA e regente do Coro do Festival de Ópera do Theatro da Paz.
– Adamilson Abreu – Maestro e educador musical.

Juri para os técnicos:
– Claudio Rêgo – Arquiteto, carnavalesco, figurinista e cenógrafo. Diretor do departamento de ação Cultural da FUMBEL.
– Carmen Ribas – Gestora, produtora cultural e educadora.
– Odorico Nina Ribeiro Neto – Engenheiro eletrônico, mestre em Vibrações e Acústica e professor de Tecnologia Musical da Escola de Música da UFPA.

Acompanhe as nossas redes sociais